Revivendo o Dual Screen

Devido ao vício em estado patológico que eu alimentava no WoW, eu deixei meu DS um pouco de lado. Agora que as aulas começaram eu fui “esporrado” desse MMORPG dos infernos, pelo menos por enquanto. É necessário uma boa parcela da tua mente/corpo pra aguentar a porrada de uma faculdade. E eu fico pensando ano que vem, que eu pretendo fazer DUAS. Então, essa foi a chance que eu precisava pra me apegar mais ao meu portátil, este que é conhecido por ter uma penca de jogos casuais, ”instant fun”, justamente o que eu preciso agora.

Tudo começou segunda-feira, quando de repente eu vi minha vida como uma grande poça de merda dentro daqueles banheiros “cavados” naqueles quintais ribeirinhos. Uma merda esquecida no fundo do quintal. Realmente, uma boa parcela das coisas anda dando muito errado por aqui. Justamente nesse dia meu amigo, que também tem um DS, resolve me emprestar o R4 dele, contendo uns 20 jogos. Foi o suficiente pra eu esquecer os problemas quase que instantâneamente. Aí dane-se tudo né…como disse um amigo meu, vou ”fall in love” com o meu DS.

Começamos a jogar já na sala de aula, na hora do intervalo. Elite Beat Agents.

Eu sempre tinha preconceito com esse jogo, não sei bem por que. Talvez uma mistura das imagens que eu via, junto com as músicas contidas lá que outro amigo meu comentava. ”Um jogo de ritmo com YMCA? E o povo acha legal? Mas que diabos?”, eu pensava. Isso até começar a dar as primeiras batidinhas rítmicas com a stylus. Esse jogo realmente merece um review aqui. Tô totalmente viciado. Cheguei depois da aula e fui logo jogar no R4 do meu amigo. Testei um monte de jogo que tinha lá, incluindo Contra 4, Final Fantasy XII…mas o vício ficou mesmo por conta do E.B.A.

Aí ONTEM de manhã eu acordei pra receber o meu salário atrasado e me dirigi à querida rua Marcílio Dias aqui do inferninho (Centro de Manaus) pra adquirir o meu R4. Mas, misteriosamente, a loja que antes vendia não vende mais. Talvez tenham colocado as caixas em vitrines mais afastadas da rua, ou coisa parecida. Mas eu nem vi. Daí nem pensei duas vezes, fui em uma outra loja que eu já sou cliente e comprei meu Pokémon Pearl.

Que por sinal já tá com 6 horas de jogo, desde ontem à tarde. Pra um gamer como eu, isso é ridículamente pouco, mas sabe como é né. Aula. Livros pra ler. Dentre outras coisinhas que chupam o tempo. Mas eu sempre arranjo um tempo pras minhas nerdices, afinal…

O que eu tenho a dizer sobre o Pearl antes de um possível review seria…óbvia e significativa melhoria gráfica, sonora e musical (acabaram-se as melodias enjoadinhas, agora tá até mais ”adulto”), muita coisa nova (formar grupos, ”dress-up pokemon”, dentre outras), muitas funcionalidades novas, proporcionando um gameplay quase que totalmente novo, com o uso da touch screen (mesmo ainda sendo possível realizar tudo pelo bom e velho direcional), pokémons novos até ”engolíveis” (me privei de rever aquela lista dos pokémons novos, pra ter uma certa surpresa no jogo) e etc. O que não me agrada é que nessas novas gerações de pocket monsters tá vindo uns cada vez mais complexos, uns tipos bizarros, água/terra, wtf? Sem contar que fica uma coisa meio ecologicamente e cronologicamente sem fundamento, os pokémons dos primeiros continentes são menos complexos, isso quer dizer o que? Que o continente é mais novo? Que os continentes desses jogos atuais são mais antigos? Relaxem, isso é pensamento de doido mesmo. Sem contar que desde a geração R/S/E, foderam/complicaram tudo com aquela putaria de effort points e etc, antes era tão mais legal simplesmente assassinar pokémons selvagens/obliterar pokémons de treinadores inimigos até o lvl 100 e pronto…não precisava complicar tanto.

Enfim. Transmissão finalizada. Fica aí no aguardo dos reviews, se eu lembrar.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: