A Hora do Espanto – Fright Night

Tudo no mundo do cinema evoluiu nos últimos tempos, obviamente. Mas é incrível como dois gêneros apenas involuíram: terror/horror. Na minha opinião, o cinema de hoje em dia simplesmente não combina com esses dois gêneros. Aquelas tomadas bem feitas, os belos efeitos, as coisas ”perfeitinhas demais” não chegam nem aos pés dos filmes antigos, que eram bem mais trash, tinha uma maquiagem MACABRA e metiam medo DE VERDADE.

Um exemplo disso é um filme marcante da década de 80, entitulado ”A Hora do Espanto”. Assisti essa bagaça quando pequeno, e assisti novamente duas vezes nos últimos meses. Esse filme é dirigido pelo mesmo diretor de ”Brinquedo Assassino”, outro filme totalmente grotesco que eu via e me mijava de sangue na infância.

Descrever esse filme é bem simples. A história é simples. Charley Brewster é o típico garoto aficcionado por filmes de terror, na década de 80. Ele tem uma namorada, Amy, típica menininha-da-mamãe que nunca quer liberar pro namorado. Uma noite os dois estão na pegação no quarto dele, enquanto passa um programa na TV: ”Fright Night”, um hit da época apresentado por um ex ator de filmes de terror, Peter Vincent, ”o caçador de vampiros”. Uma hora o Charley tenta violar o cinto de castidade da guria e ela da o pití típico de virgens. Eles brigam, Amy fica sentida e decide liberar pra ele, porém era tarde demais! O nerdão do Charley viu um movimento estranho no jardim da casa ao lado, dois homens carregando um caixão! Aí que história começa de verdade.

Os dois homens são Jerry Dandrige e Billy Cole, dois caras que se mudaram pra uma casa velha, se não me engano ao lado da casa do Charley. Logo quando esses caras chegaram lá, uma onde de assassinatos de jovens menininhas começam a acontecer na cidade, e Charley descobre que isso está relacionado aos dois caras, ficando mais claro quando ele espia pela janela do seu quarto o Dandrige matando uma das meninas, mostrando as presas. Aí o moleque fica doido. Tenta ir na polícia mas ninguém acredita nele! Nem mesmo seus amigos. Então ele vai pedir ajuda ao famoso Peter Vincent para tentar deter o Dandrige e seu capanga e continuar a onda de assassinatos. O pior é que Dandrige é o típico garanhão, morenão boa pinta, tanto que seduz a mãe e a namorada do Charley, o deixando numa desvantagem escrota.

Uma coisa interessante pra falar é sobre os personagens. Esse filme tem personagens marcantes, que criaram tendências, até viraram moda! Por exemplo, tem o melhor amigo do Charley, Ed Thompson, ou carinhosamente ”Evil”, ”Evil Ed”. Esse sim é macabro! Personagens totalmente engraçado/estranho/com expressões faciais e verbais feias pra cacete, além de ser um garoto cruel. Criou uma frase que colou na década, ”Ohh, you’re so cool, Brewster!”, esses dias achei até uma camiseta com essa frase pra vender na net, talvez eu até compre.

Charley, Amy e Evil

O Dandrige poderia ser tudo menos um vampiro. Morenão, estilo latino, diferente daqueles vampiros pálidos dos filmes de hoje em dia (o que seria o certo, se considerarmos sua origem). A roupa do cara é nada a ver, e ainda é o garanhão do pedaço. Se liga:

agora, vampire mode:

Sentiu? Poisé.

O famoso caçador de vampiros, Peter Vincent, é o mais engraçado do filme depois do Evil Ed. Imagine um cara que é ídolo de todos os adolescentes americanos pelos seus filmes de terror, tanto que o cara virou até ídolo e todo mundo pensava que ele REALMENTE sabia caçar vampiros. Até o Charley foi lá procurar o cabra. Uma pena porque ele era um velho cagão que só sabia dos truques pra matar vampiros, mas só isso ajudou.

Peter usando um crucifixo contra Dandrige

A Amy é uma putinha, louca por sexo desde o início, mas relutante. Tem uma cena que ela é seduzida pelo Dandrige numa danceteria, e quase cai de boca ali mesmo. No final ainda vira uma vampira porque o Dandrige foge com ela após a cena da danceteria e a morde, e quem sabe até tenha feito algo mais.

O amigo que mora com o Dandrige é outro bizarro, não pude perceber até o fim do filme se o cara era vampiro ou não, pois ele não sofria queimaduras na luz (indício de humanidade) porém no final ele pegou 30 tiros na cabeça e demorou pra morrer…vai entender.

Uma coisa importante pra se falar também nesse filme é a maquiagem, um dos pontos principais que fazem com que esses filmes antigos sejam melhores que os atuais. Que maquiagem é essa, nesse filme? Medonha! E medonha ainda é uma palavra que não expressa tudo. Quem tiver oportunidade de ver esse filme, repare na parte que a Amy vira uma vampira (aquela maquiagem já foi usada em um monte daqueles flashs de susto). Muito grotesca. O Evil Ed também vira vampiro (spoil pra cacete, mas quem liga pra spoil? Na hora que forem ver muda tudo, podem acreditar) e a maquiagem dele também é FEIA, de dar medo, desprazer, nojo…destaque pra cena que ele vira um lobisomem.

Basicamente, é isso. Fright Night é um dos meus filmes antigos preferidos, e essa não vai ser a primeira nem a última vez que resenharei filmes antigos aqui. Espero que pessoas que tenham vivido em meados de 85 ou até neo-fãs tenham gostado.

Até breve, na dúvida…fode.

Anúncios

21 comments so far

  1. Ryan on

    Dandrige vampiresco rulou!

  2. carlos on

    Quem consegue me informar o conjunto e o nome da música em que as duas vampiras dançam na festa do volume 2 de fright night?Faz anos que procuro por isso e nãoencontro.

  3. vera on

    Quem consegue me informar o conjunto e o nome da música em que as duas vampiras dançam na festa do volume 2 de fright night?Faz anos que procuro por isso e nãoencontro.

  4. Julio Boy on

    Caras, sou de Limeira-SP. Tenho 35 anos, e quando vi A Hora do Espanto no cinema, tinha 14 anos. Isso foi em 1986. Lembro-me da data: 08 de agosto de 1986. Sou fã ardoroso. Tinha o LP da trilha, mas infelizmente, não sei o que me deu – eu vendi. Mas agora tenho não só a trilha todinha como as músicas instrumentais – o score. Vi o filme 91 vezes até hoje, tenho em DVD e o script todo do filme, em detalhes. Todos os diálogos. Aliás sei todas as falas, detalhes, tudo de cor.
    Parabéns por esse blog.

    • san on

      ola amigo sou fã do filme tenho as fitas originais dos 2 filmes 1 e 2 queria pedir para vc se possivel mandar a trilha sononra do filme 1 e a estrumental….agradecido

    • Marcelino S L on

      Ô gente fina como eu faço p conseguir os DVDS e o Cd de Áudio do filme A Hora do Espanto? eu tenho um vinil,mas quero o Cd original.VC pode me ajudar?Obrigado.

  5. Adriane on

    como posso fazer para conseguir a trilha sonora da Hora do Espanto ?

  6. Elisangela on

    Gostaria de conseguir a trilha sonora da Hora do Espanto, por favor?

  7. Adriana on

    Por favor preciso da trilha sonora instrumental do filme a Hora do espanto l,manda pra mim !!!!!

  8. Caio Marcus on

    A do tema do filme “Fright Night – J. GEILS BAND
    Você consegue ela baixando o programa “ARES” no “www.baixaki.com” como também as outras…

    You Can´t Hide From The Beast Inside – AUTOGRAPH
    Good Man In A Bad Time – Ian Hunter
    Rock Mysell To Sleep – APRIL WINE
    Let´s Tak – DEVO
    Save Me Tonight- WHITE SISTER
    Bappin Tanight – FABULOUS FONTAINES
    Come To Me – BRAD FEIDEL

    Abraço e Boa Sorte

  9. mauricio on

    E ai pessoal tudo bem? Eu queria o nome das musicas da trilha sonora da Hora do espanto alguem pode me ajudar?

  10. Bernadette pereira viana on

    Oi gente procuro a muito tempo a trilha sonora desse filme maravilhoso, è o melhor filme que eu ja vi por favor me diz onde voce conseguiu ou manda pra mim.Origado

  11. Claudio on

    Uma musica boa do filme é essa aqui…

    Espero que seja a que voces estejam procurando.

    • Cláudia Cristina on

      música sensual, misteriosa, clima de doce e atraente perigo acariciado pelos encantamentos de um mundo alternativo, paralelo, em que um ser estranho, solitário, possessivo atrai alguém para ser seu servo e ao mesmo tempo, ao seu modo doentio, cuidar desta pessoa. è como se clamasse\; – Venha comigo, e sinta as delícias do surreal, do pleno, do infinito. A melodia inicial é muito sugestiva e traz um clima de suspense temperado com um certo hipnotismo regado por uma sensualidade coberta de mistérios entre desejo e medo, vida e morte, real e ilusório! Carne e alma!

  12. fabiana on

    adoro esse filme,marcou minha infancia,na época eu tinha 5 anos de idade,mas me lembro bem,hoje com 25 anos gosto ainda mais principalmente a cena em que Dandrige esta no quarto dele juntamente com Amy,ela é mordida por ele ao som instrumental de “come to me”(Brad Fiedel)sensualidade total na minha opiniao…

    • Leandrão on

      Fabiana, esse filme, pela pouca tecnologia da época, pode ser considerado um clássico do terror, agora, se vc ainda não ouviu a música “Come To Me” interpretada pela Deborah Holland, não deixe de ouvir, maravilhosa interpretação!!! Caso vc queira, eu tenho!

  13. washington on

    Por favor,alguem sabe como faço pra conseguir as musicas do filme ‘a hora do espanto’?

  14. Leandrão on

    Pessoal, esse filme, pela pouca tecnologia da época, pode ser considerado um clássico, agora, quem ainda não ouviu a música “Come To Me” interpretada pela Deborah Holland, não deixe de ouvir, maravilhosa interpretação!!!

  15. Eduardo de Oliveira on

    Baixei todas essas músicas no dreamule

  16. Cláudio vianna on

    Sou muito fã deste filme; Ñ lembro minha idade no ano em que ví este clássico do cinema.Mas sei que era um garoto de uns catorze ou dezesseis anos.Eu lembro que fiquei muito impressionado.Mas um medo prazeroso pelo inesperado,que vi-ria mais adiante.Gosto muito deste filme e da trilha sonóra! Para mim,este filme será como se eu estivesse assistindo pela primeira vez.Ele é simplesmente o melhor dos filmes de vampíros.Gostaria de ter as músicas.vou tentar baixá-las.Se vou conseguir,ñsei!Espero que sim! abraços. Cláudio vianna

  17. Lindo on

    Alguém pode me ajudar?
    Estou atrás da primeira música que toca logo apos te a morte da familia que o carinha pega a arma e tals, no filme, é bem no começo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: